Câmara de Albergaria-a-Velha adjudicou obra de requalificação do Mercado Municipal

A Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha adjudicou a obra de Requalificação do Mercado Municipal à empresa Teixeira, Pinto & Soares, SA, pelo valor de 1 414 313,14 euros. O contrato segue agora para o Tribunal de Contas e, depois de visado, a obra deverá avançar no terreno, pelo período de 365 dias.

A decisão de adjudicação foi aprovada, na reunião do Executivo. O Presidente da Câmara António Loureiro manifestou a sua satisfação com o andamento deste processo numa obra estruturante para o Município e para a cidade. “A requalificação do Mercado Municipal vem resolver um conjunto de problemas que já são conhecidos há muito tempo, como a segurança e higiene alimentar”, explicou o Autarca.

António Loureiro lembrou que a requalificação do Mercado visa também a sustentabilidade energética, através do aproveitamento de águas pluviais e instalação de painéis fotovoltaicos. Contudo, afirmou, vem criar uma nova centralidade, tendo em conta que o equipamento vai ter outras valências, como uma praça de alimentação, um espaço multifunções que pode albergar pequenos eventos.

“Acima de tudo, a requalificação do Mercado Municipal, a nossa ‘Praça’, vem dar outra dignidade e condições a todos os feirantes, permitindo atrair um público mais jovem, interessado em produtos endógenos e de qualidade”, adiantou o Presidente da Câmara de Albergaria-a-Velha.

O projeto de requalificação do Mercado Municipal foi realizado pelo arquiteto Luís Tavares Pereira, do gabinete [A] ainda arquitetura, e respeita o projeto original do arquiteto Jorge Gigante, datado do princípio da década de 1970. A zona das bancas dos atuais feirantes será isolada por paredes de vidro e todo o recinto será coberto, mantendo um cais de cargas e descargas e o espaço multifunções.

Na reunião de Câmara, o Executivo aprovou ainda a designação para novas vias e uma retificação, de acordo com informação da Comissão de Toponímia. Assim, na Freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior, a rua a nascente do Cemitério do Sobreiro, desde a Rua do Estuval até ao caminho agrícola, passa a designar-se Rua da Légua de Pau; e o largo em frente à sede do Grupo Folclórico, Cultural e Recreativo de Albergaria-a-Velha passa a designar-se Largo dos Chorões. Na Freguesia de Ribeira de Fráguas, a Calçada da Miuteira, passa a designar-se Calçada da Minhoteira.

 

Fonte: Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha