Autarquia de Albergaria-A-Velha recebe antiga estação de caminho de ferro da linha do Vouga

Foto: Jorge Lopes

De acordo com António Loureiro, “uma área crucial no centro da cidade vai ser devolvida aos Albergarienses e vai permitir-nos requalificar a zona entre a Rua 5 de Outubro e a Rua 1.º de Maio”. O Presidente da Câmara de Albergaria-a-Velha recorda que a posse da estação de caminho de ferro, um edifício emblemático no desenvolvimento de Albergaria, que se encontra devoluto há mais de uma década, vai possibilitar a sua utilização pelos serviços da Autarquia e a subconcessão de uma parte a privados.

António Loureiro adianta que está a ser estudada a possibilidade de instalar no edifício um posto de turismo e um estabelecimento de restauração, com esplanada. O centro de Albergaria-a-Velha, esclarece, “vai ganhar uma área ligeiramente superior a 3 mil metros quadrados, que vai permitir a requalificação desta zona e ligar duas áreas que estão separadas pela linha de caminho de ferro”.

Após um período de conversações, a Câmara de Albergaria chegou a acordo com a IP Património no início do mês para a subconcessão da estação da Linha do Vouga, que atravessa a cidade no sentido norte-sul, e mais três edifícios contíguos, pelo período de vinte anos. O protocolo foi aprovado em reunião de Câmara, no dia 16. O acordo inclui uma área de 3054 metros quadrados, que compreende uma faixa de terreno junto à Rua 5 de Outubro, que dá acesso ao Cineteatro Alba e está a servir de estaleiro à antiga Refer, e outra junto à Rua 1.º de Maio.

A Linha do Vouga, que pertence ao domínio público ferroviário, não está incluída no acordo. O contrato entre a Câmara e a IP Património terá ainda que ser aprovado em Assembleia Municipal.

 

Fonte: Câmara de Albergaria-A-Velha