Comunicado do CDS-PP Albergaria

A Comissão Política do CDS-PP e o Presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha vem através do presente comunicado dar nota do seguinte:

O Presidente da Junta de Freguesia da Branca, Carlos Coelho e todo o seu atual executivo podem contar com o reconhecimento, apoio e ainda total solidariedade em relação às infundadas e caluniosas notícias publicadas em jornais e publicações na internet que em nada correspondem à verdade, que apenas são demonstrativas de uma oposição sem argumentos políticos válidos e amputada de qualquer projeto político alternativo. O que existe é apenas um claro e lamentável propósito de denegrir um trabalho meritório que está à vista de todos.

O Presidente da Junta de Freguesia da Branca, Carlos Coelho, bem como todo o seu executivo, têm demonstrado no presente mandato uma grande seriedade e rigor na gestão da autarquia, nada tendo a esconder. Estão e estiveram sempre disponíveis para esclarecer qualquer dúvida acerca de qualquer procedimento interno ou externo da sua gestão. A Junta de Freguesia branquense passou finalmente e merecidamente a deter uma dinâmica de trabalho e capacidade de intervenção impar nas mais variadas componentes da vida autárquica.

Esta autarquia local passou a ser uma força viva da Vila da Branca, não se preocupando apenas com os habituais e tradicionais melhoramentos de equipamento, rede viária, realização de manutenções e limpezas. Passando também a dar prioridade clara às necessidades e anseios das populações, com a organização e promoção de eventos culturais e desportivos, que criaram e fortaleceram laços de coesão na comunidade branquense, tudo isto sempre em sintonia e franca colaboração com as associações e mais diversas entidades da Vila da Branca.

Esta preocupação e aproximação da Junta à comunidade foi alcançada através da total disponibilidade quer dos eleitos, quer dos serviços da Junta para a resolução dos problemas da freguesia e dos seus habitantes, para alcançar tal desiderato a Junta de Freguesia passou pela primeira vez a estar aberta ao público todos os dias da semana das 15 horas até às 19 horas, permitindo assim dar resposta as necessidades óbvias e prementes de uma freguesia com mais de seis mil habitantes.

Este executivo para além de estar a efetuar um trabalho meritório e de grande relevo a todos os níveis, com vários investimentos em áreas diferenciadas e de importância vital para a freguesia, sempre em estreita colaboração com o município e seus serviços, continua ainda a liquidar dividas antigas de aproximadamente 50.000 euros contraídas pelo anterior executivo do PSD, contabilisticamente injustificadas e ilegais, sendo estas alvo no presente momento do escrutínio por parte do Tribunal de Contas. Na verdade, existem quantias avultadas, pelo menos de 2009 a 2013 que saíram dos cofres da Junta de Freguesia e das quais não se têm qualquer rasto, existindo ordens de pagamento sem identificação do destinatário nem da respetiva finalidade. O que é certo é que, do passivo “herdado” a fornecedores de bens e serviços já foi praticamente liquidado 80%, situação que apenas não está completamente solucionada, não obstante haver capacidade financeira para o fazer a qualquer momento, devido ao fato de existir uma necessidade de cumprimento de normas orçamentais previstas na lei. Todavia, este executivo têm o firme e inexorável propósito de saldar todas as dividas a quem de direito, por entenderem que a Junta de Freguesia da Branca deverá ser uma pessoa de bem e cumpridora dos seus compromissos, não obstante os erros e lapsos dos anteriores autarcas.

Todo o trabalho realizado pelo executivo da Junta de Freguesia da Branca que de dia para dia é cada vez mais notório, é amplamente reconhecido pela população, sendo também publicamente e merecidamente reconhecido por toda a Comissão Política do CDS de Albergaria bem como pela Câmara Municipal na pessoa do seu Presidente António Loureiro.

O Presidente da Câmara Municipal
António Loureiro

O Presidente da Concelhia do CDS-PP
Paulo Silva Silva

Fonte: CDS Albergaria-a-Velha