Cinco autarquias do CDS não vão aplicar alterações ao IMI

“Sendo um mal disfarçado e brutal aumento de impostos sobre a classe média, conversei com todos os presidentes de câmara do CDS, das cinco câmaras do CDS, que não irão aplicar esta lei até que as apreciações parlamentares requeridas, nomeadamente pelo CDS, sejam discutidas e votadas no parlamento em setembro”, disse o líder parlamentar democrata-cristão, Nuno Magalhães, numa conferência de imprensa no parlamento, citado pela Lusa.

Nas últimas eleições autárquicas, em 2013, o CDS-PP conquistou a presidência de cinco câmaras municipais: Ponte de Lima (no distrito de Viana do Castelo), Albergaria-a-Velha e Vale de Cambra (ambas no distrito de Aveiro), Velas (na ilha açoriana de São Jorge) e Santana (na Madeira).

 

Notícia completa

Fonte: tvi24.iol.pt